Com 14 manipuladores telescópicos, JCB garante segurança e agilidade no GP do Brasil de F1

A penúltima corrida da temporada de 2018 do Grande Prêmio de Fórmula 1 que aconteceu no Brasil entre quinta-feira (9/11) e domingo (11/11) ganhou apoio da JCB  que mais uma vez foi uma das fornecedoras oficiais do evento e também patrocinadora da equipe Williams Martini Racing.

No total, 14 JCB Loadalls ficaram disponíveis para dar suporte aos carros em caso de acidentes e problemas técnicos. Para o engenheiro-chefe do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, Luis Ernesto Morales, reafirmar essa parceria garante a segurança do percurso.

“Uma operação delicada como o resgate dos carros de F1 na pista de Interlagos exige a tranquilidade, eficiência e garantia de mobilidade com agilidade. Estes requisitos estão presentes na JCB, por meio dos manipulares telescópicos, que estarão distribuídos pela pista de corrida”, afirma.

Os modelos Loadalls JCB 531-70, 535-125 e 540-170 têm a altura máxima de elevação, que varia de 7m a 17m, e capacidade de carga de 3,1 até 4 toneladas, o que equivale a quatro carros de Fórmula 1. Para o gerente de produtos da JCB, Ricardo Nery, a participação no GP reafirma a potência do equipamento. “O Loadall foi projetado para manipular altas cargas e possui um consumo baixo de combustível em comparação a outros equipamentos do mesmo porte. É uma das máquinas mais versáteis do nosso portfólio”, disse.

Para Mariana Bicalho, gerente de marketing da JCB do Brasil, parcerias com o automobilismo fazem parte do DNA da empresa: “participar do GP de F1 é uma oportunidade de mostrar ao mundo a capacidade, agilidade e inovação de nossas máquinas. Também apoiamos o esporte por meio do patrocínio da equipe Williams Martini Racing, e promovemos a nossa marca sempre fomentando a inovação e tecnologia”.

(Fonte: Assessoria de Imprensa)