Compactador de trincheiras por controle remoto via rádio é lançado pela Dynapac

Rolos compactadores vibratórios por controle remoto são uma solução segura e eficiente para trabalhos de compactação em trincheiras. Entretanto, o uso desse tipo de tecnologia no mercado nacional era mais tímido. Além de poucas opções, todas utilizam controle por infravermelho, um sistema que possui alguns desafios para operações em trincheiras.

As desvantagens do uso do infravermelho advém do fato de que ele nada mais é que um raio de luz, de espectro invisível, que estabelece uma linha de comunicação entre o controle remoto e o rolo compactador.

Se essa linha for interrompida, pela passagem de um veículo, por exemplo, o equipamento para. Como a luz do sol contém raios infravermelhos, isso também pode confundir os sensores de um equipamento que use tal tecnologia, provocando paradas indesejadas ou ainda pior, acionamentos involuntários, que podem culminar em acidentes. Nesse caso, embora o operador tenha que operar a máquina de fora da vala, ele ainda terá que estar próximo à borda da vala para manter o contato do infravermelho, aumentando o risco de acidentes por queda no interior da vala.

Buscando explorar esta oportunidade no mercado nacional, a Dynapac está lançando seu rolo compactador vibratório por controle remoto modelo D.ONE, que opera por ondas de rádio. Este sistema permite operação a distâncias muito maiores, sem interferências e sem interrupção. A rádio transmissão não é afetada por barreiras físicas, o que permite que o Dynapac D.ONE trabalhe em trincheiras profundas, e alcance distâncias muito maiores, sem a necessidade do operador se expor na borda da vala.

Outra vantagem do sistema de rádio, é que as antenas podem ficar protegidas dentro do equipamento, enquanto que no caso de receptores de infravermelho, eles precisam ficar expostos e isso aumenta a suscetibilidade a danos.

“Os modelos mais comuns disponíveis no mercado nacional possuem entre 2 a 3 sensores, com um tempo de vida útil médio de 2 anos e custo de substituição na ordem de R$ 2.000 cada um”, explicou Carlos Santos, gerente de produto da Dynapac América Latina.

Outra inovações que o Dynapac D.ONE traz são a disposição das mangueiras hidráulicas projetada para prevenir vazamentos de óleo. O sistema de vibração é totalmente selado, mantendo a sujeira e lama do lado de fora e permite a lubrificação do sistema de vibração, aumentando a sua vida útil.

A articulação é livre de manutenção, dispensando a lubrificação diária que é exigida por outros equipamentos e portanto economizando tempo e dinheiro.

Maior vida útil dos componentes eletrônicos, que são dispostos no lado oposto ao motor, ficando protegidos das altas temperaturas que são geradas durante seu funcionamento.

“Também ao contrário de outros equipamentos disponíveis no mercado nacional, o acionamento de partida e parada pode ser feito por controle remoto. O operador não precisa ir até a trincheira para ligar e desligar o equipamento”, completou Santos.

(Fonte: Assessoria de Imprensa)