Vale quer acelerar indenizações em Brumadinho de forma extrajudicial, diz diretor-presidente da companhia

O diretor-presidente da Vale, Fabio Schvartsman, esteve na quarta-feira (6/2) na sede da empresa em Minas Gerais, região metropolitana de Belo Horizonte, e sobrevoou a cidade de Brumadinho para acompanhar os trabalhos e orientar os empregados que executam as ações emergenciais tomadas após o rompimento da Barragem I da Mina de Córrego do Feijão.

“A nossa expectativa é conseguir fechar rapidamente um acordo com as autoridades para que possamos acelerar as indenizações (de forma extrajudicial)“, disse o diretor-presidente da Vale, após o encontro com lideranças e empregados na unidade da empresa. “Esse é o propósito da Vale, para ajudar a reduzir um pouco o sofrimento de quem foi vitimado por esse acidente.”

Durante a visita, o diretor-presidente ouviu dos executivos responsáveis pelo Grupo de Resposta Imediata como estão as frentes de apoio aos trabalhos de resgate, de assistência aos atingidos e de contenção e recuperação ambiental. Ao todo, são 400 empregados mobilizados.  “É impossível não ficar tocado com a dedicação, o esforço, a coragem das pessoas que estão aqui”, afirmou.

(Fonte: Portal da Mineração).