TIM confirma funcionamento de rede 4G em regiões produtoras do agronegócio

A TIM acaba de anunciar que realizou testes em conjunto com a Ericsson para validar o funcionamento de sua rede NB-IoT (Narrow Band em IoT) na sua rede comercial 4G em Goianésia, interior de Goiás, para grandes distâncias.

Durante o experimento, um dispositivo NB-IoT disponível comercialmente conseguiu enviar informações de sua localização e outros dados referente à sua conectividade para diferentes plataformas de Internet das Coisas (IoT) mesmo estando a 100km de distância e em diferentes direções da estação rádio base localizada na fazenda da Jalles Machado, parceira da operadora no projeto “4G TIM no Campo”.

Os resultados comprovam o alcance maior possibilitado pela plataforma NB-IoT e abrem o caminho para a viabilização de soluções de IoT em regiões de menor densidade populacional, como é o caso das fazendas e usinas da agroindústria brasileira e dos moradores de cidades que ficam nos seus arredores.

“A TIM foi pioneira na implantação da plataforma NB-IoT ao ativar a funcionalidade em Santa Rita do Sapucaí e se mantém como a única empresa do segmento a oferecer a tecnologia comercialmente no Brasil. Os testes que realizamos em Goianésia confirmam o acerto na escolha de adotar o NB-IoT como tecnologia de conectividade para Internet das Coisas da TIM e reforçam nosso compromisso em impulsionar o desenvolvimento tecnológico do país por meio da criação de soluções que terão impacto direto na vida de nossos clientes e parceiros”, afirma Silmar Palmeira, Diretor de Inovação e Tecnologia da TIM Brasil.

O teste foi baseado na tecnologia LPWAN – rede sem fio de longa distância e baixo consumo de energia – em NB-IoT na banda 28 (700MHz) padronizados pelo 3GPP, validando a funcionalidade de cobertura estendida desenvolvida pela Ericsson, que aumenta os limites de 40km para 100km sem qualquer impacto nos dispositivos. Com ela é possível ler dados de um dispositivo e também comandar equipamentos que estejam a distâncias de até 100km da base, tecnologia essencial para a ativação de soluções de comunicação entre máquinas.

“O benefício desta funcionalidade não é somente técnica – entregando uma cobertura móvel nunca antes imaginada através de uma simples atualização de software – mas também comercial, permitindo que a TIM otimize o investimento em IoT para áreas mais distantes que possuem equipamentos Ericsson. Mais uma vez trabalhamos em parceria com a TIM para entregar inovações que garantem melhor acessibilidade e confiabilidade aos seus clientes nas mais diversas regiões, não somente nas cidades” diz Leandro Nobre, CTO da Ericsson para a TIM.

(Fonte: Assessoria de Imprensa).