Presidente da Abimaq destaca cenário positivo para crescimento na abertura da Expomafe no SP Expo

Durante a abertura da EXPOMAFE 2019 (Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Automação Industrial), que começou nesta terça-feira (7/05) e segue até sexta (11) no São Paulo Expo, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), João Carlos Marchesan, afirmou que a feira é realizada num momento importante para a indústria, trazendo muita inovação e programação de alto nível, além de soluções de manufatura avançada.

“O tema deste ano é urgência para crescer”, salientou, observando que o governo precisa fazer sua parte para a retomada do setor produtivo, como a redução do custo Brasil, reforma do sistema tributário e da Previdência, isonomia para a competitividade com outros mercados e juros compatíveis, entre outras medidas.

Fábio Taiar, da Câmara Setorial de Máquinas Ferramenta, disse não ser por menos que países com a economia mais avançada contam com uma indústria desenvolvida e atuante.

Já Maurício Lopes, coordenador da Comissão Organizadora da EXPOMAFE, lembrou que com uma área 25% maior a EXPOMAFE já é com sobras a mais importante e maior feira do setor na América Latina. O presidente da Informa Exhibitions, Marco Basso, comentou que em apenas duas edições a feira já é o estado da arte em matéria de inovação e tecnologia, justificando seu crescimento espantoso em tão pouco tempo.

Para Maurício dos Santos Neves, superintendente do BNDES, há décadas existe a parceria do banco com a indústria de bens de capital.

A instituição, aliás, prepara novos serviços para atender as necessidades da indústria.

Encerrando as mensagens na abertura da EXPOMAFE, o deputado Vitor Lippi chamou à reflexão do empresariado para a questão de o Brasil ter crescido 50% menos que a média mundial, e enumerou os desafios para a retomada do crescimento, como o equilíbrio fiscal, a reforma da Previdência, entre outras medidas.

O evento apresenta as últimas inovações de mais de 750 marcas nacionais e internacionais em acessórios (dispositivos e componentes), controle de qualidade integrado à fabricação e medição, automação industrial, robótica e integração de células de manufatura, equipamentos hidráulicos e pneumáticos, válvulas, bombas e compressores, equipamentos para movimentação e armazenagem, ferramentas manuais e de corte, máquinas e equipamentos para o setor metal mecânico, máquinas-ferramenta, soldagem e corte,
manufatura aditiva, prototipagem e impressão 3D.

São esperados na EXPOMAFE mais de 55 mil visitantes profissionais do Brasil e outros 30 países; entre eles, compradores, engenheiros, técnicos, executivos e coordenadores, especialistas em produtos e processos, fornecedores de todos os segmentos do setor metal mecânico, técnicos em logística, fabricantes de máquinas e equipamentos e demais profissionais das áreas de engenharia, industrial, manutenção, produção, qualidade e manufatura.

Esta edição é marcada pela forte presença de expositores internacionais, o que amplia as oportunidades para as indústrias brasileiras firmarem parcerias e entrarem em contato com inovações tecnológicas desenvolvidas em países avançados.

A EXPOMAFE 2019 conta com mais de 40 empresas de nove países: Alemanha, China, Coreia, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão e República Tcheca. É quase o dobro na comparação com a edição inaugural, em 2017, que recebeu 22 expositores internacionais. A área dedicada a eles mais que dobrou, passando de 665 m² para 1.646 m².

Parte destes expositores fica reunida em pavilhões de seus respectivos países. Os Estados Unidos, por exemplo, são representados pela AMT – Association for Manufacturing Technology. A entidade dos fabricantes de tecnologia voltada para manufatura promove o US Pavilion para oferecer ao mercado brasileiro o que há de mais moderno em tecnologia para a indústria e apresentar o MTConncet, um padrão técnico de fabricação para recuperar informações de processo de máquinas operatrizes controladas numericamente.

O estande da Alemanha, promovido pela German Machine Tool Builders’ Association (VDW) conta com 12 expositores, enquanto a China veio para a EXPOMAFE 2019 com dois pavilhões: um organizado pela Conselho Chinês para a Promoção do Comércio Internacional (CCPIT), voltado para fornecedores de máquinas, e outro pela Chinese Mechanical Engineering Society (CMES), com fornecedores de soluções para solda.

(Fonte: Assessoria de Imprensa)