Mineradoras aderem à programa de inovação tecnológica na mineração

As 15 startups selecionadas para participarem do Mining Hub/Hub da Mineração chegaram na última segunda-feira (11/2) ao espaço colaborativo dedicado ao desenvolvimento de inovações para a indústria de mineração, em Belo Horizonte (MG), para iniciarem o trabalho. Além disso, a excelente novidade é que mais três mineradoras se uniram ao projeto: Alcoa, LGA Mineração e Siderurgia e Yamana Gold. Neste momento, 21 companhias participam do Mining Hub.

Iniciativa apoiada pelo Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), o Mining Hub reúne mineradoras, fornecedores, empreendedores, startups, pesquisadores, entre outros. Montado no WeWork da capital mineira, ele é aberto à participação de fornecedores e empreendimentos de inovação aplicada (startups, projetos acadêmicos e empresas de base tecnológica) que tiverem projetos voltados para a atividade.

O Hub da Mineração busca conectar os envolvidos para, inicialmente, estimular o desenvolvimento conjunto de soluções aos desafios das áreas de: eficiência operacional, fontes de energia renovável, gestão de água, gestão de resíduos e rejeitos, bem como saúde e segurança ocupacional (SSO).

Entre as mineradoras participantes estão: Alcoa, Anglo American, AngloGold Ashanti, ArcelorMittal, Bahia Mineração, Bemisa, CBMM, CMOC, CSN, Ferrous, Gerdau, Kinross, J. Mendes, LGA Mineração e Siderurgia, Mineração Morro Verde, Nexa Resources, RHI Magnesita, Samarco, Mineração Usiminas, Vale e Yamana Gold.

Além das mineradoras, empresas da cadeia de fornecedores também participam do Hub da Mineração: Clariant, Haver & Boecker,IHM Stefanini, ISQ, Klueber, Lots Group, Outotec, Petronas.

(Fonte: Portal da Mineração)