Perfuratrizes autônomas aumentam segurança na mineração

As perfuratrizes autônomas Pit Viper ganharam destaque no setor de máquinas para aplicações de mineração justamente porque podem ser operadas de qualquer distância e ainda possuem alguns recursos de segurança, como um sistema de detecção de proximidade que interrompe o funcionamento da perfuratriz, caso alguém ultrapasse o limite de área abrangida.

A fabricante garante também que essas máquinas possuem um mecanismo que não permite que as perfuratrizes saiam da área designada para o trabalho (geofence), evitando possíveis acidentes. Ainda de acordo com a marca, o aumento na produtividade também é notório. Além da perfuratriz autônoma não fazer pausas, seus recursos aumentam sensivelmente o nível de qualidade e a precisão dos furos.

Em parceria com a Goldcorp, a Epiroc está utilizando a sua nova tecnologia para perfuração autônoma na mina de Peñasquito (México). Todos na mina estão muito satisfeitos com os resultados obtidos. “Você pode notar como as linhas e os padrões de perfuração são precisos, o que não acredito que poderíamos alcançar com operadores humanos”, afirmou Luis Canepari, vice-presidente de tecnologia da Goldcorp.

O executivo também destaca o que espera para o futuro do setor. “Não acredito que uma empresa de mineração que não adote a automação esteja nos negócios nos próximos dez anos. O objetivo da indústria é se tornar cada vez mais autônoma, para que as novas minas no futuro possam ser mais produtivas, mais seguras e alcançar melhor qualidade”.

 

Empresa – Epiroc Brasil

Fone – (11) 3478-8256.

Website – www.epiroc.com/pt-br