CompareComparando...

De novo, agronegócio puxa crescimento da economia

A economia brasileira começa a sair da recessão. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB cresceu 1% no primeiro trimestre em relação ao quarto trimestre de 2016, descontados os efeitos sazonais.  Trata-se do primeiro número positivo, após oito quedas seguidas. Mas especialistas advertem, no entanto, que é preciso cautela. Em relação ao primeiro trimestre de 2016, o PIB recuou 0,4%. Já no acumulado de quatro trimestres, a queda é de 2,3%.

E a agropecuária novamente foi a locomotiva desse crescimento, entre janeiro a março, com variação positiva de 15,2% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Já em relação ao quarto trimestre de 2016, o crescimento do agronegócio foi de 13,4%.

“Temos que ter cautela porque o momento é muito difícil da economia do Brasil, mas, com certeza, quem está ajudando muito a economia é o agronegócio”, avaliou o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri GellerGeller, durante evento do setor na Capital paulista.

Uma das consequências dessa locomotiva é o incremento de 44 milhões de toneladas na produção agrícola dessa safra (2016/2017). Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção será de 232 milhões de toneladas de grãos diante de 188 milhões da safra anterior.

 

 

5 Comentários
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta