CASE aposta em novas tecnologias e acessibilidade como diferenciais na M&T Expo

A CASE Construction Equipment inova ao trazer ao mercado soluções inéditas com foco em inclusão e disponibilidade de mão de obra, maior eficiência, mais tecnologia embarcada e menor custo de fabricação e consumo. As novidades estão sendo apresentadas pela primeira vez na M&T Expo 2018, em São Paulo, em um estande de 1,5 mil metros quadrados, com o conceito de integração total.

“Esta definição representa a sinergia entre fábrica, concessionário, cliente e campo, que é a única maneira de alcançarmos a produtividade necessária para impulsionar a construção civil, a infraestrutura, a mineração ou o agronegócio”, declara Roque Reis, vice-presidente da CASE para a América Latina.

Os destaques da marca são as retroescavadeiras conceito 580N Accessibility, que permitem a inclusão de pessoas com mobilidade reduzida, e 580N Wireless, que pode ser acionada e comandada à distância. Os modelos estão sendo preparados para estar no mercado num futuro próximo. “Em pouco tempo, essas tecnologias estarão inseridas no dia a dia do nosso cliente”, revela Reis.

A parte de Serviço caminha junto a de produtos para transformar o canteiro de obras e aproximar o cliente da fábrica, com soluções direto das concessionárias. A marca traz à M&T um computador holográfico, que permite que os visitantes se envolvam em um universo 3D e interajam com máquinas e componentes no ambiente virtual para identificação e resolução de ajustes e manutenção.

A CASE mostra na M&T Expo 2018 um total de 10 máquinas. Além das novidades, estão também presentes a retroescavadeira 580N, as pás-carregadeiras W20F e 621E, o trator de esteiras 2050M, a motoniveladora 865B, as escavadeiras hidráulicas CX220C Long Reach e CX240C e a minicarregadeira SR200.

Inclusão no mercado de trabalho 

O modelo conceito da retroescavadeira 580N Accessibility estará em exposição no stand da CASE na M&T Expo. Pintada de azul (a cor padrão da marca é o laranja), que representa a inclusão de pessoas com mobilidade reduzida, o modelo foi concebido pelo time de Engenharia da marca, na fábrica de Contagem (MG), em parceria com a empresa Elevittá, e será o primeiro do País a permitir que pessoas com dificuldade de mobilidade possam operar uma máquina de construção.

O equipamento trará um diferencial para o mercado de trabalho e para a sociedade, pois possibilita a inclusão de pessoas com mobilidade reduzida em novas e diferentes atribuições nas empresas, bem como reafirma a capacidade e o potencial desses operadores.

Primeira máquina de construção no mundo a ser comandada à distância – Com desenvolvimento 100% nacional da Engenharia da CASE em parceria com o Senai Innovation, a tecnologia da retroescavadeira conceito 580N Wireless permite que todos os comandos da máquina estejam num tablet, que pode ser retirado e o equipamento, comandado à distância.

A tecnologia, única no mundo, elimina 50% dos chicotes elétricos, que têm alto custo de desenvolvimento e alterações, além de diminuir a dificuldade de gerenciamento diário. O tablet comanda a máquina ao mesmo tempo que se conecta a todos os serviços CASE e todos os dispositivos ao redor, trazendo facilidade de operação e segurança.

Também destaca-se como a 1ª máquina a possuir velocímetro digital em km/h, além da maior facilidade de manutenção, menor tempo de parada de máquina e maior valor de revenda.

A realidade do campo em 3D na oficina – Óculos baseados em realidade virtual também são uma das atrações da marca. O computador holográfico permite aos visitantes interagirem com máquinas e componentes em 3 dimensões. Esse conceito irá funcionar como material de apoio aos clientes nos próximos anos para a resolução mais rápida de problemas que ocorrerem com os equipamentos em campo.

Oficina móvel – A montadora também apresenta um carro exclusivo do time de Serviço CASE para visitas, treinamentos e entregas técnicas no campo, que inicialmente será utilizado na região de São Paulo. A proposta é que esse veículo seja modelo para outros da fábrica e da rede de concessionários.

 

(Fonte: Assessoria de Imprensa)