CompareComparando...

Case IH Axial-Flow 9230

Lançada na Agrishow, em 2013, a Axial-Flow 9230, maior colheitadeira em capacidade produtiva de fabricação nacional e a única classe 9 do mercado, não tem concorrente direto no País e é mais um modelo da série 230 das tradicionais colheitadeiras Axial-Flow, desenvolvida pela Case IH. Complementam a série 230 os modelos Axial-Flow 8230 e 7230, que são atualizações dos modelos Axial-Flow 8120 e 7120. “A colheitadeira Axial-Flow 9230 possui a maior capacidade de trilha e separação, tanto em área de peneiras quanto em potência de motor, além da possibilidade da utilização de plataformas draper de até 45 pés. É a única colheitadeira de classe 9 no mercado brasileiro”, afirma Felipe Dantas, especialista de marketing da Case IH, fabricante do produto. Da plataforma ao espalhador de palhas, os sistemas das colheitadeiras Axial-Flow série 230 são cuidadosamente projetados para assegurar eficiência e produtividade.

Segundo o especialista, os agricultores brasileiros são privilegiados por ter a seu favor uma série de fatores que fazem do País um dos mais eficientes e competitivos do setor agrícola mundial: grandes extensões de terras produtivas e estações climáticas bem definidas. “Com a junção destes fatores e do aumento gradativo da produtividade nas lavouras, as janelas de plantio e colheita são cada vez menores. Isso gera a necessidade dos produtores de plantar, cuidar e colher a safra com eficiência e rapidez, garantindo alto rendimento na colheita”, diz Dantas. A colheitadeira ajuda nesse processo, pois garante o aumento da produtividade e não afeta o padrão de qualidade de grãos.

O sistema Auto Feeder, um alimentador patenteado, possibilita que a velocidade do alimentador/plataforma seja automaticamente ajustada à velocidade de propulsão da colheitadeira. Assim, a velocidade do alimentador e das plataformas são ajustadas automoticamente de acordo com a necessidade. Um exemplo prático é a colheita do milho: ao aumentar a velocidade da colheita, não há necessidade de ajustar a plataforma para a nova velocidade, basta elevar a velocidade de deslocamento da colheitadeira que a velocidade das unidades de linhas aumentará. Isso significa mais disponibilidade de máquina no campo.

Tecnologia a favor da produtividade – A máquina traz uma série de recursos que proporcionam potência, economia em suas operações, máxima produtividade, qualidade de grãos e menor custo de manutenção. Equipada com novo motor Case FPT (Fiat Powertrain Tecnologies), de 13 litros, desenvolve potência nominal de 510 cv e potência máxima de 570 cv. O tubo de descarga conta com 7,7 m, ideal para viabilizar o trabalho com plataformas de corte 3162 até 45 pés.

Toda linha da série 230 conta com o sistema de acionamento Power Plus CVT (Transmissão Continuamente Variável), que consiste em um componente que utiliza um acionamento via CVT específico para o rotor e outro específico para o alimentador e para a plataforma de corte. Os acionamentos Power Plus CVT resultam na eficiente transferência da potência de um sistema mecânico com a conveniência do controle hidráulico variável.

O sistema de acionamento Power Plus CVT possui um comando na cabine para operar o rotor alternadamente para frente ou para trás, invertendo totalmente a direção de rotação do rotor para eliminar obstruções sem que o operador tenha que sair da cabine, otimizando a disponibilidade da colheitadeira. O mesmo sistema  também está disponível para o acionamento do alimentador, ou seja, a reversão também pode ser feita com este recurso no alimentador e plataforma de corte.

Robustos, os acionamentos equipam os mesmos conjuntos de embreagem usados nos tratores Steiger (que possuem potência superior a 500 hp). Os acionamentos Power Plus CVT possuem diversas faixas de velocidades variáveis, além de oferecerem o benefício adicional de transmissão dos acionamentos, com eixos cardan, simplificando muito a manutenção das máquinas.

Com a antena 372, evolução do modelo 262, se comunica com os satélites da Nasa e também com os Glonass (russos), que irão aumentar o número de satélites disponíveis no alcance dos equipamentos Case IH. Além de ampla cobertura de satélites, a antena possui os sinais RTK e RTX, sendo o último uma correção de sinal que não necessita de comunicação via rádio para correção do sinal.

A nova versão do filtro de ar, feita para elevar a vida útil e aumentar o tempo de troca, realiza sucção na parte superior da tela rotativa com a modificação do pré-filtro. O novo filtro faz seu trabalho com um sistema Venturi, um ciclone e também com o vácuo criado pelo sistema de escape do motor.

O filtro de combustível também foi redesenhado para a Axial-Flow e realocado com o objetivo de aumentar o tempo de troca e reduzir custos de manutenção. Com o novo filtro, a troca ocorre apenas com o elemento filtrante. O material foi desenvolvido com plástico transparente para facilitar a visualização da saturação do mesmo.

Inovações em kit de campo – As colheitadeiras da série 230 da Case IH vêm equipadas com um kit de campo para colheita de milho, ideal para produção acima de 220 sacas por hectare. A novidade fica para os kits de campo com 12 barras retas, oito gengivas lisas e 24 dentadas, fato que dá versatilidade ao agricultor para encarar todas as principais culturas em qualquer condição de colheita.

O rotor AFX utiliza gengivas, barras de raspagem e aceleradores helicoidais para movimentar eficientemente o material colhido através da máquina, obtendo, assim, uma debulha mais completa e maior produtividade. O rotor AFX oferece maior  capacidade com menor demanda de potência e consumo de combustível.

As aletas ajustáveis do rotor podem ser usadas para customizar o fluxo do material, maximizando a produtividade. O controle de material colhido proporciona fluxo uniforme e requer potência mais consistente. Além disso, o controle de material  reduz a demanda de pico de potência e leva a um menor consumo de combustível.

A Case IH também lançou um kit de campo para transformar o picador das Axial-Flow 230 em picadores de alta performance, ou seja, o novo picador reduz consideravelmente o tamanho da palha picada, facilitando o plantio logo após a colheita. Como se trata de um kit de campo, fica a critério do produtor utilizar ou não o artifício.

A colheitadeira apresenta novo espalhador de palhas, com facilidades nas regulagens e capacidade de espalhá-las de uma maneira uniforme para plataformas draper 3162 de até 45 pés.

Atendimento no campo – Para o setor de atendimento ao cliente, a Case IH conta com técnicos da fábrica no campo. O field service é dividido em três unidades especiais de atendimento: grupo de coordenadores que gerenciam o atendimento dos concessionários, técnicos dedicados exclusivamente aos clientes, com foco no desempenho do produto de campo, ficando alocados em regiões onde há maior concentração de determinados equipamentos da marca, além de uma unidade especializada de atendimento a contas e segmentos especiais.

Para dar suporte a essas três equipes, a Case IH possui também um grupo de especialistas de produto trabalhando diretamente nas três fábricas da marca, (Curitiba, Sorocaba e Piracicaba).

A fabricante dispõe também de suporte avançado para atendimento de máquinas paradas por problemas técnicos: o Max Case IH. Esse serviço que pode ser acionado pelo número 0800 500 5000 e  prioriza as ocorrências, colocando em status de dedicação total todos os recursos para viabilizar o retorno do equipamento ao trabalho no menor prazo possível.

O Max Case IH está disponível para as colhedoras de cana A8000 e A8800, as colheitadeiras da nova série “230”, Axial-Flow 7230, 8230 e 9230, as colhedoras de algodão Module Express 635 e café Coffee Express 200, o pulverizador Patriot 350 e os tratores Steiger, Magnum e Puma, dentro do período de garantia.