CompareComparando...

Manipuladores telescópicos multiúsos da New Holland

O manipulador telescópico da New Holland Construction se tornou o novo coringa da construção civil brasileira. Com pouco tempo de atuação no mercado nacional, a máquina está surpreendendo o setor pela sua multifuncionalidade, dinamismo e facilidade na operação. Segundo a fabricante, quem o utiliza consegue até antecipar prazos de obras, tamanho os benefícios que proporciona.

Também conhecidos como telehandlers, os manipuladores telescópicos reduzem a perda de materiais, principalmente quando necessita levar objetos para outros andares da obra, já que evita possíveis quedas e má manipulação. Um dos diferenciais dos telehandlers é o centro de gravidade baixo, fazendo com que o equipamento seja muito estável, permitindo, assim, um alcance e uma elevação de cargas muito superiores à concorrência.

Segundo o especialista de produto, Rafael Barbosa, apesar do pouco tempo no mercado nacional – estes modelos foram lançados no Brasil em 2012 -, os manipuladores têm um ótimo nível de aceitação. “A comercialização do manipulador tem crescido a cada ano, ampliando sua presença nos canteiros de obras Brasil afora”.

Uma das vantagens do manipulador é a rapidez com que atua na construção civil. Ele possui um engate rápido e consegue otimizar as atividades na obra, com a possibilidade das quatro rodas girarem para facilitar a manobra, inclusive, em espaços mais curtos. “Tem um cliente que conseguiu antecipar a obra em oito meses”, conta Barbosa.

O manipulador modelo 1745 alcança até 16,6 metros de altura, que representa em média um prédio de cinco andares. Essa facilidade faz com que o maquinário seja usado tanto em obras federais como na construção de shopping centers. Os manipuladores telescópicos New Holland Construction são um dos equipamentos mais versáteis da indústria de máquinas e servem para múltiplas aplicações, sendo a construção civil uma das principais. Atualmente esses equipamentos são muito utilizados em obras de empreendimentos industriais e edificações – como as obras do Minha Casa Minha Vida – além de vários empregos no agronegócio, como carregamento de big bags e na manutenção de infraestrutura.

3 Comentários
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta