Nordeste representa 37% de crescimento nas vendas de caminhões Atego, diz Mercedes-Benz

Os caminhões médios e semipesados Atego estão ganhando, cada vez mais, a preferência dos transportadores de carga do Nordeste. Ao longo de 2017, foram emplacadas cerca de 700 unidades na região, o que representa 37% de crescimento sobre o mesmo período de 2016.

“O avanço do Atego no Nordeste é resultado da crescente aprovação dos caminhoneiros autônomos, especialmente pelo sucesso do Atego 2426 6×2, sucessor do Atron 2324 6×2, semipesados da marca que sempre foram muito respeitados e admirados por quem trabalha com transporte de carga na região”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

“O Atego substituiu com excelência o Atron, mantendo seus atributos de força, robustez e resistência, mas agregando mais vantagens, como maior capacidade de carga, mais conforto e economia. Esse aumento de vendas mostra que nossos clientes locais já entenderam os ganhos e estão percebendo cada vez mais os diferenciais do Atego”.

A maior preferência dos caminhoneiros autônomos do Nordeste pelo Atego 2426 6×2 tem a ver com uma de suas principais atividades de trabalho, o transporte de produtos hortifrutícolas do campo para a cidade e vice-versa, levando produtos agrícolas para as centrais de abastecimento e diversos outros pontos de venda. Em sua rotina, circulam tanto pelas estradas, quanto em áreas rurais e nas cidades. Nesse contexto, a versatilidade, o desempenho e o conforto do Atego são muito valorizados pelos motoristas.

De acordo com Roberto Leoncini, o êxito do Atego no Nordeste também é fruto das ações de demonstração e test-drive realizados na região. “No final de 2016 e começo de 2017, intensificamos nossa presença junto aos clientes e motoristas locais, levando o Atego para testes de dirigibilidade e até em operações de frotistas”, diz ele. “Isso reforça o compromisso da Empresa em ouvir o que os nossos clientes têm a dizer, transformando suas demandas em novas soluções. Tudo a ver, portanto, com o slogan: As estradas falam. A Mercedes-Benz ouve”.

Linha Atego é a mais vendida pela Mercedes-Benz em 2017

Ao longo de 2017, a linha Atego foi a mais vendida da marca no Brasil. No acumulado do ano, foram emplacados 4.635 caminhões Atego, 27% a mais do que o volume de 3.651 unidades de 2016. Os modelos mais vendidos são os semipesados 1719 4×2 (1.057 unidades), 2426 6×2 (1.015 unidades) e 2730 6×4 (657 unidades).

A região Sudeste liderou as vendas de Atego no País, em 2017, com 2.254 unidades, seguida por Sul (1.190 unidades), Nordeste (697 unidades), Centro-Oeste (285 unidades) e Norte (209 unidades).

Atego chega ao mercado em 2018 com novidades do ECONFORT

A linha Atego está trazendo para o mercado muitas novidades derivadas do conceito ECONFORT, filosofia de desenvolvimento voltada à economia, conforto, força e desempenho no transporte de cargas.

Entre as novidades para 2018 incluem-se: Pacote Robustez com bloqueio de diferencial transversal, protetor de cárter e do filtro de ar e mola traseira trapezoidal; câmbio totalmente automatizado Mercedes PowerShift para o Atego 2426 6×2; nova geração do Mercedes PowerShift para o Atego 3030 8×2; Mercedes PowerShift com auxílio de partida em rampa e sensor de inclinação de via; novo climatizador; painel de instrumentos com novas funções; piloto automático com foco em menor consumo; HSA (Hill Start Aid) – auxílio de partida em rampa; EDB (Eletronic Brake Force Distribution) – sistema de distribuição da força de frenagem; e ASR – controle de tração.

(Fonte: Assessoria de Imprensa)