CompareComparando...

Semeato SOL TT

A plantadeira SOL TT, da Semeato, foi desenvolvida para proporcionar maior eficiência na operação de semeadura, aliando maior qualidade de plantio a maior produtividade operacional no plantio direto de grãos graúdos. Fabricada em duas versões, seed ou combinada, é indicada tanto para propriedades que realizam a adubação antecipada ou àqueles que preferem utilizar o adubo durante o plantio.

A máquina possui linhas de semeadura pantográficas, montadas em um chassi com três módulos flexíveis, oferecendo plenas condições para a realização do plantio mesmo em terrenos irregulares. Um dos grandes diferenciais da SOL TT é a sua linha pantográfica de grande flutuação. A transmissão da linha é realizada através de eixos sem a presença de correntes expostas. A linha apresenta uma única corrente protegida por carenagem, montada em pontos fixos de uma torre. No caso da máquina pneumática, a transmissão da linha é realizada através de cabo flexível, sem a presença de correntes e engrenagens.

A SOL TT ainda apresenta oito rodados pantográficos com giro livre e duplo (frente/traseira), que atuam tanto na posição de trabalho, como na posição de transporte. Esses rodados possuem prático sistema de posicionamento, através de trava, para se adaptarem perfeitamente à operação a ser realizada. Além disso, o equipamento apresenta disco de 20”, liso, estriado, corrugado ou ondulado, para realizar o corte da palhada.

O reservatório central de sementes da SOL TT é confeccionado em polietileno rotomoldado, o que garante grande durabilidade e resistência à corrosão. A semente é conduzida por gravidade desde o reservatório central, até as “pipoqueiras”, localizadas sobre as unidades de semeadura. Este processo ocorre em função das sementes serem conduzidas através de condutores telescópicos com engates rápidos – uma tecnologia exclusiva desenvolvida pela Semeato. Após esse processo, a distribuição das sementes é realizada através do sistema de discos alveolados ou sistema pneumático Vacuum System, um sistema que trabalha com pressão negativa (vácuo) gerada por duas turbinas com acionamento através de motores hidráulicos, o que possibilita individualizar as sementes com precisão, para que as mesmas sejam distribuídas de forma equidistante.

Seus comandos de execução são realizados por meio de um sistema de transmissão eletro-hidráulico, que também monitora a área total e parcial, além da velocidade. E os mesmos rodados utilizados na operação de plantio são responsáveis pelo transporte longitudinal da máquina.