ZF garante proteção máxima para ocupantes de veículos pequenos

Os veículos elétricos leves de quatro rodas são a grande tendência para trajetos curtos em centros urbanos. Para fornecer sistemas de segurança altamente eficazes para esses veículos como soluções na área de proteção de ocupantes, a ZF tornou-se parceira do BEHICLE, um projeto patrocinado pela União Europeia.

O carro elétrico dinâmico de três assentos faz total jus a essa designação, que é a abreviatura de “BEst in class veHICLE”. A ZF contribuiu para isso por meio de especialistas em segurança que desenvolveram um sistema inovador de cinto de segurança de quatro pontos e airbags integrados ao carro. Além disso, a ZF participou das fases de simulações e testes. O resultado foi que o BEHICLE poderá ser o primeiro veículo em sua categoria a alcançar cinco estrelas no Euro NCAP.  Até agora, veículos dessa classe haviam recebido no máximo duas estrelas. Com isso, ele está no mesmo patamar que os melhores do segmento de microcarros.

No crescente mercado da micromobilidade, os veículos mais requisitados são os urbanos da categoria L7, com potência máxima de 15 kW e peso inferior a 400 kg (sem ocupantes e sem baterias). Porém, as vantagens desses automóveis ultraleves contrastam com os desafios na proteção dos ocupantes, pois até hoje nenhum modelo de série está listado com mais de duas estrelas no Euro NCAP.

“Nossa meta de concretizar o ‘Vision Zero’ obviamente envolve novos conceitos e soluções de veículos como o BEHICLE. Logo no início da fase de engenharia, pudemos aplicar o know-how que temos no campo da proteção de ocupantes. O trabalho visa alcançar a única classificação de cinco estrelas obtida até hoje por um veículo dessa classe no Euro NCAP”, afirma Dr. Michael Büchsner, Vice President and General Manager of Occupant Safety Systems Global da ZF.

As características da estrutura do carro, como a centralização do assento do motorista e a falta das colunas B, representaram um enorme desafio para o conceito de proteção dos ocupantes. A ZF solucionou essa questão com inovadores sistemas de retenção passiva criando um cinto de segurança especial com quatro pontos e novos airbags laterais e de cortina.

Customização gera mais segurança

Em caso de colisão, o cinto de segurança de quatro pontos desenvolvido na versão “top belt” aumenta o potencial de proteção se comparado aos sistemas convencionais de três pontos. Sua implementação no BEHICLE é inigualável, pois conta com dois retratores com tensionador integrado e limitador da força do cinto embutidos na parte de trás do teto. Para facilitar o afivelamento, as duas linguetas saem lateralmente do teto à frente da cabeça do motorista e oferecem livre acesso. As respectivas travas do cinto de segurança ficam localizadas à direita e à esquerda do assento do condutor, com iluminação que ajuda a serem encontradas. Adicionalmente, os cintos são equipados com a lingueta com travamento dinâmico DLT (do inglês “Dynamic Locking Tongue”) já utilizada na produção em série. Em caso de colisão, um pequeno componente montado na lingueta coordena a retenção do cinto para que o peito e os ombros dos ocupantes fiquem sujeitos a menos tensões do que a região pélvica.

Somam-se a tudo isso os novos airbags laterais reforçados da ZF, que ajudam a atender aos respectivos requisitos dos testes de colisão. Diferentemente dos veículos convencionais, os sistemas de retenção tiveram que ser alojados na estrutura de alumínio da porta, e não no encosto do assento. Além disso, a estrutura dos airbags laterais considera que a posição centralizada do banco do motorista deixa mais espaço entre a pessoa e a porta, e as bolsas de ar não se ajustam mais na longitudinal. Posicionados ao longo das colunas A e C com fitas de fixação externas, os airbags de cortina da ZF oferecem proteção adicional eficiente em caso de impacto lateral.  Os sistemas de segurança passiva da ZF complementam as melhorias no conceito de proteção implementadas pelos demais parceiros do projeto BEHICLE na estrutura frontal, na cabine e nas portas.

(Fonte: Assessoria de Imprensa)