Fenasucro deve movimentar mais de R$ 2,2 bi

A 21ª Fenasucro, que aconteceu de 27 a 30 de agosto, no Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho-SP, deve gerar volume de negócios superior a R$ 2,2 bilhões nos próximos meses, segundo estimativas da Reed Multiplus, empresa responsável pela organização do evento.  

Com mais de 33 mil visitantes de 20 estados brasileiros e 30 países, a edição deste ano contou com oito eventos paralelos, contabilizando mais de 60 palestrantes que abordaram temas variados sobre  a agroindústria da cana-de-açúcar.
 
Foram promovidas Rodadas de Negócios Internacional, organizadas pela APLA/APEX, que reuniram 53 empresas brasileiras e 21 compradores estrangeiros, vindos da Argentina, Bolívia, Colômbia, Guatemala, Quênia, Peru entre outros países. A iniciativa resultou em US$ 260 milhões de negócios prospectados até o momento, mas há expectativa de aumentar esse volume nos próximos 12 meses.
 
Durante a feira, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal apresentaram aos expositores e visitantes suas linhas de financiamento, com taxas de juros competitivas. O Banco do Brasil, por exemplo, lançou uma linha especial para flexibilizar o crédito para capital de giro, com prazos de até 60 meses e pagamentos de parcelas bimestral, trimestral, semestral e anual, a partir de 1,25% de juro ao mês.

Um dos destaques da feira foi o projeto pioneiro de uma usina modelo para os alunos da unidade do SENAI de Sertãozinho. Segundo o presidente do CEISE-Br – Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis, Antonio Eduardo Tonielo Filho, foram investidos mais de R$ 40 milhões para capacitar os futuros profissionais da indústria que queiram atuar no mercado sucroalcooleiro.
 
A edição de 2014 da FENASUCRO está confirmada para o período de 26 a 29 de agosto, no Centro de Eventos Zanini.