Saiba como conservar as correias de máquinas agrícolas

Fiquem atentos: alguns hábitos no dia a dia da operação e na manutenção podem ser prejudiciais às máquinas agrícolas, comprometendo, inclusive, a vida útil de componentes. Por isso, a EaeMáquinas traz esta Dica Técnica preparada pela TVH-Dinamica. O bom desempenho de máquinas agrícolas depende de manutenção preventiva e do estado de conservação de alguns componentes, como as correias, que costumam trabalhar sob severas condições, com sol e chuva, sujeitas à poeira e cascalho, sofrendo diversos tipos de esforços para transmitir a potência no acionamento da máquina. Utilizadas em colheitadeiras e tratores, as correias e polias merecem especial atenção na manutenção. “Como trabalham em conjunto, a polia não deve estar desalinhada, pois ocasionaria desgaste excessivo e até a virada da correia na polia”, afirma Paulo Acosta, gerente comercial da TVH-Dinamica. Ele acrescenta também que as transmissões devem atuar livres de atritos com corpos estranhos para não comprometer o envelope protetor. “Se houver necessidade de trocar a correia, a substituição deve ser feita sem a utilização de ferramentas, que em contato com a correia ou polia, oferecem o risco de romper o envelope ou cordoneis”, adverte.

Vários tipos de correias que realizam diversas funções fazem parte das máquinas agrícolas, como nas colheitadeiras de grãos, que contam com correia do batedor, cilindro, descarga do tanque de grãos, secundária do picador de palha, secundária da tração de roda e correia lisa da primeira tração de roda. Paulo Acosta não recomenda o uso de spray para elevar a aderência da correia já que costumam deteriorar a borracha, juntar poluentes e desgastar polias. É preciso ter cuidado também com o tensionamento. “Quando pouco tensionada a transmissão, ocorre mais desgaste devido superaquecimento do atrito e supertensionada pode comprometer mancais, eixos e rolamentos”, explica. Durante o trabalho, o operador também deve estar atento. “Trancos podem causar rupturas nas correias, por isso devem ser evitados”, alertou Acosta., sugerindo seguir as instruções do manual da máquina. A atenção também deve ser estendida na hora da entressafra. “A máquina deve ficar à sombra e em local coberto. O uso de derivados de petróleo e outros produtos químicos não são permitidos no momento da limpeza, pois diminuem a vida útil de alguns componentes, especialmente, de borracha”.

A TVH-Dinamica possui a pronta-entrega, diversas correias da marca Continental Contitech, que possuem elevada qualidade e adesão do mercado agrícola. Criada a partir da aquisição da Dinamica pela TVHem, em 2012, a empresa atua na distribuição de peças e acessórios para as linhas de movimentação, industrial e agrícola. A incorporação uniu a experiência das duas empresas especializadas em setores distintos. De um lado a TVH, com 13 anos de atuação no Brasil em peças e acessórios para empilhadeiras, plataformas aéreas e manipuladores telescópios.

E do outro lado a Dinamica, que acumula 57 anos de mercado na área de distribuição de componentes para tratores e máquinas agrícolas. Com sede no Distrito Industrial de Vinhedo-SP, dispõe de amplo portfólio de produtos para atender a demanda dos mercados em que atua. Possui marcas próprias consolidadas: Bepco e Tractorcraft para agrícola, e TotalSource e TotalLifter para equipamentos de movimentação e industrial. A TVH-Dinamica pertence ao grupo TVH -Thermote & Vanhalst, de origem belga, com 44 anos de experiência no mercado de reposição de peças e acessórios para empilhadeiras, plataformas aéreas, manipuladores telescópios, tratores e máquinas agrícolas. Com 33 filiais, possui clientes em 173 países e atende os principais equipamentos do mercado.