ISC Brasil confirma tendência de alta e aquece indústria de segurança

A 14ª ISC Brasil (Feira e Conferência Internacional de Segurança) confirmou sua importância para a economia do setor. De acordo com balanço divulgado pelos organizadores, o evento registrou um crescimento de 31% no tamanho e volume em relação ao ano anterior, com mais de 200 marcas presentes, sendo 71 novas empresas.

A feira é considerada o principal polo de tecnologia, inovação, conteúdo e negócios para a indústria de segurança do país e aqueceu o setor por meio da geração de parcerias para novos projetos, movimentando mais de R$ 800 milhões, sendo mais de R$ 92 milhões somente nas rodadas de negócios.

Durante os três dias do evento, que aconteceu entre os dias 25 e 27 de junho, no Expo Center Norte, em São Paulo, mais de 18 mil pessoas tiveram acesso às novidades de soluções integradas e inteligentes de segurança para usuários finais e gestores de segurança de 16 setores da economia, com necessidades em segurança eletrônica, privada, patrimonial, digital e segurança pública.

Um dos diferenciais da ISC Brasil foi a qualificação do público que contou com a presença de usuários finais corporativos, integradores, distribuidores, gestores de segurança, diretores de segurança da informação (CIOs), líderes do governo, secretários de segurança das cidades e municípios, comandantes gerais das policias, proporcionando às empresas do setor oportunidades para se conectarem em um ambiente propício ao networking e aos negócios.

“O evento possui essa proposta de valor, refletindo a tendência do mercado em aumentar a colaboração entre equipes multifuncionais e parceiros, apresentando uma convergência de operações e projetos integrados de segurança. Assim, foi possível reunir no mesmo espaço tomadores de decisão de segurança para usuários finais, líderes da segurança pública, diretores de segurança da informação, CIOS e profissionais de TI altamente influentes”, afirma Thiago Pavani, responsável pela ISC Brasil.

Rodada de negócios

A Rodada de Negócios da ISC Brasil 2019 gerou mais de R$ 92 milhões em expectativa de negócios entre as empresas envolvidas para o decorrer do ano. Essa projeção é o resultado de 220 reuniões, que envolveram diretamente 22 empresas compradoras como a USP (Universidade de São Paulo), UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), Shell, Diageo, Combustíveis ALE, Santander, GRU Airport, Floripa Airport, Grupo GPA, WeWork, Shopping Iguatemi, Shopping Eldorado / Ancar Ivanhoe e Sonae Sierra, entre outras.

De acordo com as empresas participantes da Rodada de Negócios da ISC Brasil, 93% das reuniões realizadas no espaço geraram expectativas de negócios para o período de 12 meses.

O Grupo Souza Lima, que participou da ISC Brasil pela primeira vez, apontou que a participação superou as expectativas da empresa, principalmente, pela participação na rodada de negócios. “A experiência foi sensacional, a rodada de negócios foi uma oportunidade muito interessante. Tivemos acesso a um público muito qualificado com uma boa expectativa de projeção de novos clientes. Além da exposição da marca e dos serviços oferecidos, o que reforça a nossa imagem no setor”, afirma Cacá Fernandes, Diretor de Marketing do grupo.

Geração de conteúdo

O Congresso ISC Brasil contou com 112 palestrantes usuários finais renomados de empresas e instituições como: Amazon, IBM, Deloitte Brasil, Accenture, PwC, Via Varejo, Diageo, Grupo Pão Açúcar, Lojas Cybelar, DIA Group, Nissan Motor, Merck Sharp & Dohme, Bayer, Braskem, Heineken, Vale, INSPER, FGV, PUC-SP, Colégio Visconde de Porto Seguro, Universidade Mackenzie, Laureate Universities, GRU, CCR & Zürich AG Group Company, FRAPORT, Hospital Israelita Albert Einstein, HC-FMUSP, Bradesco, Santander, Itaú Unibanco, Claro Embratel, UOL DIVEO, Amadeus, Porto de Santos, ANAC, Embraer e Latam, entre outras.

Próxima data – A 15ª edição da ISC e Infosecurity Brasil acontecerá de 30 de junho a 02 de julho de 2020 no Expo Center Norte, em São Paulo.

(Fonte: Assessoria de Imprensa)